Rio de Janeiro AquiRio de Janeiro Aqui

Maciço da Tijuca

O Maciço da Tijuca é o mais importante em termos históricos com relação à evolução urbana do Rio de Janeiro. É também o que possui algumas das mais interessantes formações rochosas que deram fama ao Rio de Janeiro assim como tem grande importância ecológica por causa de todos os setores do Parque da Floresta da Tijuca que se estendem sobre este maciço, sendo um elo de ligação entre a cidade e a natureza. Veja também sobre os demais maciços e serras do Rio de Janeiro.

Atrações Turísitcas e opções de lazer do Maciço da Tijuca

Maciço da Tijuca tendo ao fundo a Pedra da Gávea e Pedra BonitaO Parque Nacional da Floresta da Tijuca possui vários setores como o tradiconal setor da Floresta da Tijuca no Alto da Boa Vista, o setor da Pedra da Gávea, o da Serra da Carioca e Corcovado, e o distante setor do Pretos Forros e Covanca que é o setor menos conhecido.

O Maciço da Tijuca se extende pelas três principais áreas da cidade, centro, zona norte e zona sul, e sua parte alta, mais conhecida é o Morro ou Pico do Corcovado.

O principais picos do Maciço da Tijuca são o Pico da Tijuca, Pedra do Conde, Pico do Papagaio na setor mais tradicional do Parque da Floresta da Tijuca no Alto da Boa Vista.

A Pedra Bonita e Pedra da Gávea também são outras formações rochosas de grande altura que marcam a paisagem do Rio e deram nome à um setor do parque.

Para conhecer o maciço da Tijuca existem muitas estradas pavimentadas que sobem algumas serras, como a que corta a Serra da Carioca vindo do Alto da Boa Vista até o Jardim Botânico ou a estrada do Corcovado.

Entretanto estes caminhos podem ser feitos opcionalmente à pé, através de saudáveis e longas caminhadas.

Existem também trilhas que sobem ao longo do Vale do Rio Carioca em direção à Paineiras, próximo ao topo do Corcovado.

Outras trilhas seguem ao topo do Morro do Sacopã na Lagoa Rodrigo de Freitas, Morro da Saudade, Pedra da Gávea, Pico da Tijuca entre outras.

O Pico do Corcovado é um dos pontos mais altos da cidade e desta cadeia de montanhas, além de ser um ícone do Rio. O setor onde se encontra na Floresta da Tijuca, na Serra da Carioca é um dos mais visitados. O pico tem 710 metros de altura, e pode-se chegar lá de automóvel ou trem ou voar ao redor através de passeio de helicóptero.

Adeptos de caminhada ou de ciclismo também seguem a auto estrada que leva ao cume do Corcovado. Existe também uma trilha íngreme que vai do Parque Lage ao topo do Corcovado com belas vista e cachoeiras.

Maciço da Tijuca com Morro Dois Irmãos e CorcovadoCadeias de montanhas do maciço da Tijuca e CorcovadoFloresta e imensidão do maciço da Tijuca

Na foto da esquerda, vemos ao fundo o Morro Dois Irmãos e do lado direito o pico do Corcovado. A pedra da Gávea aparece discretamente bem ao fundo. Ao centro as cadeias de montanhas do maciço da Tijuca onde Corcovado aparece como o pico mais alto. Na foto da direita, vemos a imensidão das matas e serras fotografadas de um ponto do Parque da Floresta da Tijuca, com acesso pela Praça Afonso Vizeu, no Alto da Boa Vista.

Vista panorâmica do Rio com partes do Maciço da Tijuca

Do Mirante da Vista Chinesa, temos este panorâmica de partes Maciço da Tijuca, onde do lado esquerdo vemos o Pico do Corcovado, Ao centro a Lagoa Rodrigo de Freitas com algumas montanhas após esta, que a separam do bairro de Copacabana que não aparece na foto por estar atrás das mesmas. Do lado direito, vemos os bairros de Ipanema e Leblon. Bem ao fundo vemos o Pão de Açucar, e na linha do horizonte as montanhas de Niteroi e cercanias do outro lado da Baía de Guanabara. Veja a localização desta cadeia de montanhas do Maciço da Tijuca dentro do contexto da cidade indicadas sobre um mapa ilustrativo.

Referências

  • Livros sobre o Rio de Janeiro e sua história, e artigos sobre turismo foram consultados para dar suporte à criação desta página.