Rio de Janeiro AquiRio de Janeiro Aqui

Lagoas da Cidade

Lagoas da Cidade do Rio de Janeiro

A Cidade do Rio de Janeiro, conta com duas baías, duas enseadas que chamam a atenção e cinco grandes lagoas, cujas linhas marcam o cenário da intensa beleza da cidade. Este cenário encantam os olhos dos cariocas e visitantes, vistas de suas margens ou do alto de mirantes. Atividades de lazer, esportes e até de preservação ambiental estão presentes nas lagoas e seus entornos. Além destas, outras antigas lagoas existiram na cidade em tempos passados.

As lagoas no cenário urbano

Grandes lagoas estão presentes e integradas à vida dos cariocas que vivem na Barra da Tijuca onde existem 4 grandes lagoas ou às margens do bairro e áreas que circundam a Lagoa Rodrigo de Freitas. Para estes, as logoas fazem parte de seu cenário natural imediato, pois eles as teem à vista à todo momento.

Para os demais habitantes do Rio que não tem lagoas imediatamente nos bairros onde vivem, estas lagoas são também motivo de orgulho da cidade por sua beleza e pelas opções de atividades de lazer e práticas de esportes que as mesmas proporcionam.

Mas nem sempre foi assim. As lagoas já estiveram muito mais presentes na vida dos cariocas do que os que hoje aqui vivem podem imaginar. Sim, muitas antigas lagoas estiveram presentes principalmente no tempo dos primeiros colonizadares que aqui encontraram inúmeras lagoas, alagados e manguezais que com o decorrer do desenvolvimento da cidade foram aterradas ao longo de quase cinco séculos de existência, para que o território fosse ocupado e para que novas vias de acesso interligando vários pontos da cidade pudessem surgir.

Lagoa Rodrigo de Freitas vista do Corcovado

Acima, a Lagoa Rodrigo de Freitas vista do Corcovado, separada do mar pelo bairro de Ipanema e Leblon.

Margens da Lagoa Rodrigo de Freitas com mangue

Grande espelho d´agua da Lagoa Rodrigo de Freitas com um pouco de vegetação de mangue crescendo às suas margens. Ao fundo edícios que a cercam, o Morro Dois Irmão e Pedra da Gávea.

Vegetação de manguezal crescendo às margens da Lagoa

Vegetação de manguezal crescendo às margens da Lagoa R. Freitas, o que parece ser uma interessante tentativa restaurar parte de sua aparência natural, pelo menos como amostragem.

Lagoas da Barra da Tijuca

Acima a Barra da Tijuca vista do alto, onde pode-se ver a presença de grandes lagoas marcando a geografia do bairro, que se desenvolveu em torno e ao redor das mesmas. Veja o mapa da Barra da Tijuca e suas lagoas, para compreender melhor.

Em tempos remotos aterrar lagoas era sinônimo de saneamento e conquista civilizatória para a cidade que precisava de espaço para crescer, espremida entre o mar e as montanhas, e tendo nas baixadas áreas alagadiças.

Hoje as lagoas são sinônimos de cenários naturais que devem ser preservados, além de locais de lazer e prática de esportes, tanto nas águas como em seus entornos.

Lagoas da Barra da Tijuca

Entre as lagoas que se destacam na paisagem do Rio estão as grandes Lagoas da Barra da Tijuca. São elas a Lagoa da Tijuca, a Lagoa de Jacarepaguá e Lagoa de Marapendi. Existe ainda a Lagoa do Camorim, que é a parte mais estreita da Lagoa de Jacarepaguá.

Um fato interessante é que, todas estas lagoas são interligadas por estreita faixas de água, e talvez antes de alguns aterros que o bairro sofreu, fossem ainda mais interligadas.

Lagoa R. de Freitas

A Lagoa Rodrigo de Freitas e um enorme espelho de água que também marca o cenário do Rio de Janeiro, fazendo parte dos cartões postais da cidade. Vistas esplendidas da Lagoa R. Freitas rodeada pelas montanhas da cidade podem ser contempladas principalmente dos mirantes da Mesa do Imperador e Vista Chinesa localizados na localizados na Serra da Carioca ou do mirante do Corcovado localizado no morro de mesmo nome.

Além da bela vista, a Lagoa Rodrigo de Freitas é um local de lazer espostes para moradores do Rio, visitantes e turistas, que procuram o local para passear e apreciar as paisagens circundantes.

Nas margens da Lagoa estão instaladas as divisões de remo dos grandes clubes cariocas, e além do remo, em termos de esportes aquáticos, alguns praticam também iatismo a vela e esquí aquático. Mas se voce não é um atleta, existe a opção de alugar um bote de pedalinho para passear navegando pela lagoa.

Nas margens ao redor da Lagoa, existem instalados muitos quiosques, alguns que funcionam como verdadeiros restaurantes, oferecendo inclusive uma variada gastronomia. Mas existem também locais de lanches e sucos a preços populares.

Uma gigantesca árvore de Natal iluminada, chamada de Árvore de Natal da Lagoa já se tornou uma tradição na cidade, e é anualmente instalada todo mês de Dezembro atraindo muitos visitantes ao cair da tarde e noite..

Lagoas, ecologia e preservação ambiental

Para se ter uma idéia de como eram as antigas lagoas do Rio e sua vegetação circundante, voce pode visitar o Bosque da Barra onde existe uma pequena lagoa, sendo que em parte dela a vegetação e fauna é típica de baixada. No Parque Ecológico do Recreio dos Bandeirantes e também no Parque de Marapendi voce pode ver algumas lagoas em seu estado original ou recuperação.

Referencias e fontes:

  • Consulta a diversos livros sobre o Rio de Janeiro e sua estória para dar suporte à criação desta página.