Baía de Guanabara - Mapa Histórico e Atual

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Mapa histórico e explicativo da Baía de Guanabara onde são mostrados seus principais pontos nos tempos atuais e nos tempos remotos. Através de dois mapas podemos ver a geografia e principais marcos originais comparados com a situação atual.

Mapa de 1574 e Mapa Atual

A reprodução do Mapa ou Carta Porguesa de 1574, mostra como era a vista a Baía de Guanabara naquela época, onde aparecem morros ao lado da entrada a baía, muitas ilhas e ilhotas.

São mostrados também rios e suas fozes, os primeiros povoados, a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro e a Cidade Velha, perto do local de fundação do Rio de Janeiro.

Abaixo, vemos dois mapas que mostram a Baía de Guanabara, um mapa dos portugueses feito em 1574 e outro mapa atual, de 2011.

Este mapa, editado pelo autor deste site, mostra também os principais pontos da baía destacado no antigo mapa do século 16.

Observe que no antigo mapa, vemos em primeiro plano o Pão de Açucar e dos eu lado direito os dizeres "Cidade Velha", já que os primeiros assentamentos feitos por Estácio de Sá foram feitos no Morro Cara de Cão que fica do lado do Pão de Açucar como pode-se ver no mapa. Do lado esquerdo do mapa existe a seguinte nota "Terra que vai para São Vicente".

Mapa da Baía de Guanabara | 1574Mapa da Baía de Guanabara em 2011

Neste antigo mapa, aparece a estreita faixa de mar, que é a entrada, foz ou barra da Baía de Guanabara. Pode-se ver que, ao centro existe a palavra "Lajea" sobre uma pequena ilhota, que fica ao centro, e onde posteriormente foi erguido o Forte de Laje.

Do lado direito da entrada da baía (ou Barra), vê-se as montanhas, onde em seu sopé seria erguido posteriormente a Fortaleza de Santa Cruz da Barra. Veja na foto mais abaixo a aparência destas construções em sua forma atual, no início do século do 20.

Do lado esquerdo do antigo mapa, vemos a representação de um rio com a nota "A carioca", que representa o Rio Carioca que desaguava à céu aberto na Praia do Flamengo. No século 20 rio foi "abobadado", ou seja, corre de forma subterrânea até sua vertente.

Mapa da Baía da Guanabara em 1560

Veja também este mapa da Guanabara em 1560, mostrando sua aparência de então e a batalha de tomada do Forte de Villegaignon em histórica data deste mesmo ano.

Olhando mais em direção ao fundo da baía, vemos a legenda "Cidade de São Sebastião", no antigo Morro do Castelo e o Largo do Carmo. O Morro do Castelo foi demolido no século 20 e ficava onde fica a atual "Esplanda do Castelo" no centro da Cidade e o Largo do Carmo é a atual Praça 15 de Novembro.

No antigo mapa também aparece o "Forte e Ilha de Villegaignon", local onde o camandante e Almirante Frances Villegagnon estabeleceu uma fortificação com intuito de estabelecer uma colônia francesa nestas terras, com o nome de França Antartica. A fortificação foi construída a partir de 1555-1556, quando chegou e se estabeleceu no local.

Posteriormente se iniciou um luta pela reconsquista da terra. E por ordem da Coroa Portuguesa, a Cidade de São Sebastão do Rio de Janeiro foi fundada por Estácio de Sá em 1565. Dois anos depois, os franceses e seus aliados, os Tamoios ou Tupinambás foram derrotados pela aliança entre os Portugueses e os indíos Termininós, comandados pelo chefe guerreiro Arariboia, que viria a ser dono das terras onde hoje é a Cidade de Niteroi.

Ao fundo da baía, no antigo mapa existe uma ilha, com indicação de algum povoado e a legenda "gato". Esta é a Ilha do Governador, que aparece em localização mais precisa no mapa atual.

Para entender melhor os pontos e locais da baía apontados no mapa, veja também a uma foto ou vista panorâmica da Baía de Guanabara tirada do alto do Corcovado, com legenda e explicação de muitos pontos mostrados nos mapas.

Este mapa de 1574 se encontra reproduzido em alto relevo em um portão do monumento à Estácio de Sá, no aterro do Flamengo.


Referencias e Fontes:

Se gostou, recomende: