Ilha de Paquetá - Passeio e Viagem

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Ir a Ilha de Paquetá é um dos mais interessantes passeios para quem procura um local tranquilo e pictoresco, principalmente no meio da semana. Nos fins de semana a Ilha é muito procurada, sendo um passeio bastante popular.

Paquetá e estória do livro A MoreninhaIlha de Paquetá e José Bonifácio

Ilha de Paquetá

Paquetá e os TamoiosHistória da Ilha de Paquetá

Porque " Ilha dos Amores" e Como é o Local ?

A Ilha de Paquetá, segundo se diz, era chamada por D.João VI de "A Ilha dos Amores", ilha esta que ele visitou algumas vezes. Entre as personalidades famosas que lá moraram ou possuiram casa, está o Patriarca da Independência, José Bonifácio que mantinha casa em Paquetá, casa esta que continua de frente à praia que leva seu nome em sua homenagem.

A ilha se destaca não somente pelas belezas naturais e pelas aguas calmas, mas também por ter uma caracteristica que a torna única. Se trata de uma pequena Ilha onde não é permitido o uso de automóvel, execeto por ambulâncias ou algum outro serviço de necessidade pública.

Sendo a Ilha pequena, com um contorno de mais ou menos 7 kilometros e meio, as pessoas se locomovem à pé, de bicicleta ou de charrete. A ilha também é muito associada ao livro ou romance "A Moreninha", que segundo afirmam, esta teria sido o cenário da estória do livro.

Mapa da Ilha de Paquetá

Mapa turisitico da Ilha de Paquetá

Acima um mapa turístico da Ilha de Paquetá, da Paquetur, com marcação dos principais pontos de visita e sugestão de roteiros. Para informações turísticas, em Fevereiro de 2010 existia na ilha um ponto de informações e venda de souvernir, na praça que fica logo em frente ao cais de chegada e saída da barcas que levam à Ilha.

Melhores dias e dicas para visitar

Por ser um passeio relativamente barato, tornou-se muito popular, e geralmente em fins de semana e feriados existe bastante movimentação de pessoas que vão para ilha e alguns pontos ficam cheios, assim como as barcas lotadas. Se voce for em finais de semana durante o verão, será preciso ter espírito de aventura para se divertir com o passeio.

Quando lá estivemos, na viagem de ida, como chegamos quase na hora de partida da barca, e era um fim de semana, tivemos que ir em pé, pois todos os assentos já estavam ocupados.

Se puder escolher, prefira os dias de semana quando o local é menos visitado. Uma boa idéia é pegar uma barca pela manhã, o mais cedo possivel para ter mais tempo de passear por toda a ilha. Lembre-se de perguntar ao chegar, quais os horários de barcas para voltar.

Atualmente, Paquetá não está entre as principais atrações turísticas do Rio para quem dispõe de pouquissimo tempo, mas para quem permanece na cidade por mais tempo ou tem como interesse em suas viagens não somente lugares da moda ou badalados, mas também o chamado turismo cultural ou gosta de conhecer locais diferentes, então Paquetá certamente é um atrativo.

Para quem pensa em permanecer na Ilha passando alguns dias no local, está possui vários pequenos hotéis, ideal para quem procura sossego, onde é possivel caminhar e fazer passeios tranquilamente ouvindo o canto de pássáros, sem a agitação das grandes cidades.

Talvez algumas agências de turismo agendem tour de um dia ao local ou vendam pacotes turisticos de pequenos hotéis. Mas a maioria das pessoas vão por sí só, sendo possivel visitar a Ilha em um dia, conhecendo seus principais atrativos e pontos turísticos.

A ida de barca, por sí só pode ser um atrativo para quem vem de fora ou de locais distantes do mar, e uma vez que é necessário fazer uma travessia de barca, a viagem é também um passeio pelo mar que permite apreciar a paisagem de parte da Baía de Guanabara.

A viagem de ida se torna mais atrativa quando se aproxima do arquipélogo de Paquetá com suas inúmeras pequenas ilhas, muitas pedras roliças ao redor.

O Que Ver o Que Fazer em Paquetá

Ao chegar a Ilha pode-se passear à pé, de bicicleta ou de charrete, ou dependendo da hora almoçar em restaurantes simples e populares que oferecem pratos fartos e bem servidos de comida do mar, bem como pratos da cozinha brasileira.

Barca e cais da Ilha de PaquetáA barca que leva à Paquetá atraca no cais em frente a Praça Pintor Pedro Bruno, nome de um pintor e paisagista que lá viveu e que muito contribuiu para o enriquecimento cultural da Ilha. Esta praça, foi também projetada por Pedro Bruno.

Logo à direita de quem desembarca existem charretes fretadas com condutor, que leva quem quizer à um passeio por todos os locais da Ilha, sendo que o condutor geralmente conhece todos os pontos e a história da Ilha, servindo também como guia turístico.

Para quem gosta de fazer as coisas por sí mesmo, existem 3 outras opções para percorrer a Ilha. A primeira é à pé, e sendo a Ilha pequena, esta pode ser toda percorrida em uma caminhada ao longo do dia. A outra opção é alugar uma bicicleta ou um quadriciclo e percorrer a ilha por conta própria até onde achar interessante.

Praça Bom Jesus do Monte em PaquetáUma sugestão é primeiro fazer uma pequena caminhada em direção ao lado direito de quem sai da barca, quando então se verá um camaranchão e uma outra pequena praça chamada Bom Jesus do Monte em frente ao caramanchão. Neste praça existe um restaurante rústico que serve comida diversa, destacando-se peixes a preços que razoaveis. Ainda nesta segunda direção fica a Praia dos Tamoios, o Caramanchão dos Tamoios e bem mais à frente, seguindo pela praia, um belo parque ajardinado quase ao final, que também foi desenhado pelo pintor e paisagista Pedro Bruno.

Após caminhar um pouco pela rua que margeia a Praia dos Tamoios, então pode-se voltar à pé à praça que fica em frente ao atracadouro das barcas. Uma vez lá, basta subir a rua que fica em frente à praça e estação da barca, andando poucos metros voce pode alugar uma bicicleta em uma das lojas que oferecem este serviço, também a preços que não são caros, e então partir para a visita à outras partes da Ilha.

Como ir ou chegar a Paquetá

Para visitar Paquetá, deve-se ir até a Praça XV, centro do Rio de Janeiro e se dirigir ao cais ou estação das Barcas. Do lado esquerdo fica o cais da barca para Paquetá. Do lado direito o cais para Niteroi. Certifique-se antes dos horário de barcas para Paqueta no site da CCR Barcas. A viagem dura 1 hora e 10 minutos.

Informações Turísticas e outros Links:

Existe um posto de informação da Paquetur em frente ao cais das barcas: www.ilhadepaqueta.com.br/paquetur.htm
Mais informações sobre atividades na Ilha na Casa de Artes Paquetá: www.ilhadepaqueta.com.br/casadeartes

Referencias e Fontes:

Se gostou, recomende: