Rio de Janeiro AquiRio de Janeiro Aqui

Ilha Grande - RJ

Vista de uma bela enseada na Ilha Grande, onde são vistas as típicas encostas verdes, pedras e águas claras enquanto alguns saveiros passeiam pelo local

Sobre viagem e excursão à Ilha Grande no Estado do Rio de Janeiro, RJ, uma reserva e paraiso ecológico com belas praias e local ideal para descanso e também turismo de aventura com trilhas e caminhadas. A Ilha possui muitas praias ainda intactas e muito verde em suas encostas.

Localização, como chegar e horários de barcas

Para ir à Ilha Grande, existem agências de viagens que vendem pacotes para fins de semana, vários dias, ou mesmo para excursões de 1 dia.

Mas é possivel ir por conta própria, pegando uma barca em Mangaratiba ou em Angra dos Reis, sendo que ambas desmbarcam na vila do Abraão.

Indo por Angra, pode-se pode-se pegar as barcas em dois locais dependendo da melhor disponibilidade. Existem 3 catamarãs no cais que saem do cais Santa Luzia diariamente, as 8 da manhã, outra às 11 horas e uma de tarde às 16 horas e uma barca que parte do cais da Lapa nas segundas e sextas feiras às 15:30 horas e aos sábados e domingos às 13:30 horas.

Indo por Mangaratiba, existe uma barca que parte diariamente às 8 horas da manhã. A viagem de barca leva em torno de 1 hora e 30 minutos.

Entretanto tenha em mente que, dependendo da época do ano, os translados de barcas podem ser reduzidos, geralemnte uma vez por dia, tanto para ida como para volta. Assim, é preciso verificar antes se resolver ir por conta própria, para não correr o risco de ter que pousar uma noite no centro de Mangaratiba, pagando uma diária de hotel. Tenha em mente também que é melhor e mais prudente chegar ao local com tudo agendado e pousadas reservadas.

Mapa da Ilha Grande


Exibir mapa ampliado

Onde ficam as pousadas e como hospedar

No local existem muitas pousadas econômicas e também albergues. O local de hospedagem mais econômica se concentra na Vila do Abraão, que é também o local mais movimentado. Veja mais abaixo as pousadas da Vila do Abraão e outras opções de hospedagem, como spas, mini-resorts e até albergues.

Deve-se levar dinheiro

Na Ilha não existem caixas eletrônicos, pelo menos até final de 2011. Portanto, é preciso carregar dinheiro para as despezas.

Transportes, locomoção e passeios

Na ilha não existem veículos motorizados por terra, ou seja, não circulam automóveis. O acesso à maioria das praias mais distantes são feitas através de longas trilhas ou de barco.

Existem muitos passeios de barco que partem da Vila do Abrão, e também existem muitos passeios que podem ser feitos à pé, circulando pelas trilhas da Ilha, em direção às suas belezas naturais, gastando apenas calorias durante a caminhada, o que alias é bom e saudável.

Existem carregadores que levam bagagem em carrinhos de mão até as pousadas da ilha, cobrando uma quantia bem acessível. Estes carregadores ficam à disposição perto dos cais ou piers onde as barcas atracam.

Melhores épocas para visitar

No verão é a época mais movimentada, quando a Ilha fica lotada de turistas. Durante Carnaval e Reveillon fica mais lotada ainda. E portanto, se está disposto a visitar nesta época, pense em reservar antes, pois do contrário será muito dificil encontrar um bom lugar na Vila do Abraão, ou quem sabe não encontre nada disponível.

Março e Abril são meses excelentes, com um pouco de clima de verão e menos movimento, na verdade uma época bem mais tranquilo e sossegado. Entretanto, durante outros meses do ano, quando existir previsão de bom tempo, o lugar sempre será interessante para todos que apreciam o chamado ecoturismo ou turismo de aventura.

Descrição quanto ao perfil de turístas e visitantes e estilo do local

A Ilha Grande é o local ideal para quem procura praias praticamente intactas entremeadas por muito verde e montanhas, num paradisíaco cenário tropical.

É também um local onde se encontra gente do mundo todo além de muitos brasileiros, que formam a maioria dos visitante do local. Assim como em Canoa Quebrada no Ceará, ou na próxima Partay, voce vê gente do mundo todo. Não é incomum voce no café da manhã voce estar sentado em uma mesa ao lado de ingleses, passear em um saveiro ao lado de espanhois, alemães e australianos, perambular por uma trilha da ilha com italianos e franceses, e no fim dia, ao ir comer um peixe em um bar onde "rola" um forrózinho voce todos lá novamente.

Nos mêses de verão principalmente, brasileiros e estrangeiros lotam a Ilha, à procura das prometidas praias de águas claras e cristalinas, das cachoeiras, trilhas e pontos de mergulho.

O ambiente que impera no local é de descontração e informalidade, bastante simplicidade, sendo que, de um modo geral os preços são mais em conta que os de praias mais conhecidas e movimentadas do Estado do Rio e de São Paulo.

Histórico da Ilha Grande

A ilha já foi usada para abrigar uma famosa prisão em tempos passados, e portanto possui ruinas que poderiam servir para contar uma estória semelhante ao do famoso filme Papillon. Nesta época, apesar dos "hospedes" da prisão estarem alojados num local paradisíaco, tudo que eles queriam era escapar de lá. E de fato, já existiram fugas fantasticas e históricas da ilha.

Mas os tempos mudaram, a prisão foi fechada e a Ilha se tornou uma reserva ecológica e área de preservação ambiental. Ao contrário dos tempos passados, tudo que as pessoas querem hoje é ir para a Ilha Grande e lá ficar o máximo que podem, ao invés de lá fugiram.

Veja também: