Rio de Janeiro AquiRio de Janeiro Aqui

Igreja do Convento de Santa Teresa

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Enquanto a fachada e os volumes da Igreja de Santa Teresa no Rio de Janeiro conservam o projeto original de 1750, o interior da Igreja passou por reformas e sofreu modificações em 1929. As missas na Igreja do Convento são diárias e realizadas de manhã.

A Igreja e a Ordem

O convento de Santa Teresa foi o primeiro convento das Carmelitas Descalças do Brasil. Após a edificação do convento, as Irmãs se mudaram para o convento, e o antigo Morro do Desterro passou a se chamar Morro de Santa Teresa.

A Ordem das Monjas e Irmãs que vivem no convento é contemplativa e ascética, sendo que as religiosas vivem isoladas e com muito pouco contato com o mundo exterior.

Estes principíos da Ordem, definiram o espaço arquitetônico do Convento e da Igreja, com intuito de preservar o isolamento das Irmãs.

Inclusive durante a Missa, o isolamento é preservado, e as monjas participam da mesma atrás de grades que as separam da capela assim como não permitem que elas sejam vistas.

Altar da Igreja do Convento do Santa Teresa

As grades das quais as Irmãs ficam atrás, também seguem a mesma construção das grades externas das janelas, tendo pontaletes pontiguados apontados em direção ao exterior.

Na foto ao lado, é vista a capela-mor da Igreja do Convento de Santa Teresa. Ao passar o mouse sobre a imagem as fotos se alternam, e é vista a nave, teto da nave e capela-mor mais ao fundo.

As Irmãs assistem a missa atrás das grades escuras, que são vistas do lado direito do altar da capela-mor. Observe que existem grades em dois níveis.

A porta que aparece do lado esquerdo, parece ligar o interior do convento, provavelmente o final do hall de entrada. A porta aberta que aparece do lado esquerdo é a da sacristia.

A imagem mais abaixo, mostra a nave, os dois alteres laterais e capela-mor.

Como Visitar

O convento e Igreja de Santa Teresa localizam-se na Ladeira de Santa Teresa, nº 52, bairro do mesmo nome. Existe uma parada do Bonde relativamente próxima ao local, bastando andar uma pequena distância para chegar ao local.

As missas são rezadas todos os dias de manhã. Fora de horário de missa, é possivel que algum funcionário do convento permita a visitação da Igreja, mas não é uma certeza absoluta. Melhor certificar-se antes senão puder comparecer em horário de missa.

O Interior da Igreja

As fotos abaixo mostram o interior da Igreja do Convento de Santa Teresa no Rio de Janeiro. Uma foto do exterior ajuda a compreender a relação do exterior com seu interior.

Interior da Igreja do Convento de Santa Teresa no Rio de Janeiro

No espaço de transição entre a nave e capela-mor vista mais ao fundo, existem dois altares laterais, colocados em angulo aparentemente de 45 graus. Estes altares laterais como o altar principal foram descaracterizados em função de reformas, mas ainda preservam elementos de aparência rococó.

A porta que se vê do lado direto, na foto acima, é a porta lateral de entrada. A porta que se vê do lado esquerdo, liga ao corredor de entrada do convento que fica ao lado da Igreja.

Igreja do Convento de Santa Teresa | Vista posteriorFacaha frontal e lateral da Igreja do Convento de Santa Teresa

A imagem acima, do lado direito mostra a Igreja vista em primeiro plano, embora a construção do Convento e Igreja sejam unidas e integradas como um só conjunto arquitetônico. Observe que, a torre do sino fica entre a Igreja do lado esquerdo e a porta de entrada do convento do lado esquedo, na mesma fachada.

Na fachada principal e fronta da Igreja, são vistas três meias janelas que no interior se voltavam para o coro baixo e acima destas outras três janelas que se voltavam para o coro alto ou coro superior. O coro baixo ou alto, diz respeito aos palanques de fundo, onde ficava o coro da igreja. Tanto o coro alto como coro baixo foram demolidos na reforma pela qual passou a Igreja no ano de 1929, o que acarretou uma melhor iluminação interna.

A foto acima do lado esquerdo, mostra a igreja vista em seu interior. A foto foi tirada próximo do altar olhando para os fundos, para o local onde existia o coro baixo e alto, e onde hoje aparecem claramente as janelas que foram descritas no parágrafo anterior. Nesta foto, não se vê bem as grades, pois a foto foi tirada contra as janelas, e a forte entrada de luz do sol, superexpôs ou "queimou" a foto no local, mas por trás das janelas existem as grades típicas do convento.

A entrada da Igreja situa-se na lateral, e esta porta de entrada pode ser vista na foto do lado direito, na fachada lateral. A porta que se vê mais ao fundo é a porta da sacristia da Igreja. Geralmente Igrejas de Ordem Segunda tem a porta na lateral. Para quem não sabe, Ordem Primeira se refere à Ordem de religiosos masculinos, Ordem Segunda à Ordem de religiosas ou freiras, Ordem Terceira à ordem de religiosos leigos.

Nesta foto do interior da Igreja vista mais acima, olhando para os fundos, o vão que aparece do lado esquerdo é o da porta lateral de entrada. A porta que aparece do lado direito, é a porta que liga interiormente o hall de entrada do convento à Igreja. Entretanto as Irmãs assistem à missa por dentro do claustro, atrás de grades que ficam do lado direito do altar da capela-mor.