Rio de Janeiro AquiRio de Janeiro Aqui

Lapa

Arcos da Lapa visto do alto do morro de Santa Teresa

A Lapa se tornou ao longo dos anos, o reduto da velha boêmia do Rio de Janeiro. O bairro revigorou-se nos ultimos anos, e hoje possui excelentes bares e restaurantes, locais de dança e música ao vivo, além de atrações históricas. Se tornou um local da moda.

Principais Atrações e Pontos Culturais e Turistícos

Nos fins de semana o local ferve, com muita gente perambulando pelas ruas, e os bares ficam cheios.

Os locais de música e dança apresentam-se com inúmeras variedades e atrações para todos os gostos, indo do tradicional samba e choro, ao pagode e forró.

Deste modo, pode-se dizer que, a noite e os bares da Lapa são um de seus principais atrativos.

Outra marcas registrada da Lapa é o antigo Aqueduto da Carioca, atualmente chamado de Arcos da Lapa.

Abaixo algum dos principais destaque da lapa com enfoque arquitetônico, artistico, cultural e de entretenimento.

Arcos da Lapa

Arcos da Lapa

O antigo Aqueduto da Carioca, construção do séclo 18, hoje é chamado de Arcos da Lapa. É um monumento histórico e também um caminho para o bonde que leva a Santa Teresa.

Na foto acima é vista também uma bela ala de palmeiras que precede os arcos.

Largo da Lapa

Largo da Lapa

No Largo da Lapa situa-se a histórica Igreja de N.S.do Carmo da Lapa, a Sala Cecília Meirelles, um Lampadário do início do século 20, e alguns bares interessantes instalados em antigos casarões. O parque do Passeio Público e o edifício da Escola de Música com seu auditório margeam o local.

Lampadário da Lapa

Lampadário da Lapa

Um peça que se destaca no centro do Largo da Lapa, é um Lampadário ou tipo de luminária que fazia parte do entrão novo e moderno mobilíario urbano do Rio de Janeiro início do século 20. Esta peça juntamente com outra preservado no Largo da Carioca, são uma das poucas que restam daquele tempo.

Principais Ruas e Locais de Movimento da Lapa

Veja acima o vídeo de 1 minuto sobre a noite e o movimento na Lapa.

A principais ruas da Lapa são a Av. Mem de Sá, a Rua do Riachuelo e Rua Gomes Freire. Muitos bares e resturantes de decoração e ambiente originais, assim como bem frequentados por jovens e boêmios de todas as idades se encontram instalados no local, alguns deles com espaço para música e dança. E estes bares geramente se situam nas ruas citadas acima.

Outra rua de grande destaque no bairro é Rua do Lavradio, onde existem bares inclusive temáticos relacionados à lojas que vendem artigos de antiguidades e onde acontece a feira do Rio Antigo. A Rua do Lavradio já se tornou um dos locais mais procurados em termos de entretenimento na noite do Rio de Janeiro, sendo considerado um local de muito bom gosto, não somente pelos bares e restaurantes, mas também pelo frequentadores que são tipicamente pessoas que procuram um ambiente culturalmente agradável.

Igreja N.S do Carmo da Lapa

Igreja de Nossa Senhora do Carmo da LapaNo Largo da Lapa, ao lado de quem vem do Passeio Público, existe uma igreja, construção dos tempos coloniais, que aparece na foto ao lado, geralmente em muitas fotos do Largo da Lapa. É a antiga Igreja N S da Lapa do Desterro, teve sua construção iniciada em 1751, juntamente com a construção do Seminario da Lapa.

A Igreja da Lapa passou a ser chamada de Igreja N.S.do Carmo da Lapa depois que o Seminário da Lapa foi cedido aos Carmelitas do Carmo em 1810. Os Carmelitas do Carmo passaram a ocupar o lugar por terem cedido seu Convento do Carmo, construção que ainda existe no Largo do Paço, atual Praça XV, para ser usado como morada de D.Maria I, mãe de D.João VI em 1808, ano da vinda de D.João VI e a Corte para o Brasil.