Feiras de Arte e Artesanato

Foto da feira de artes e artesanato

Nas feiras de arte e artesanato no Rio de Janeiro são expostos inúmeros produtos artesanais ou de artistas plasticos.

Encontras-se objetos para todos os bolsos e gostos, desde objetos de uso pessoal à peças decorativas e inclusive vestimentas.

Feira da Avenida Atlântica

A feira de artes plasticas e artesanato que ocorre na parte central do calçadão da Av. Atlântica, em Copacabana, já se tornou tradicional ponto de visitação de turistas e moradores do bairro.

A feira se torna bastante longa, pois são inúmeras barracas de artesanato e também pontos de exibição de trabalhos de artes plásticas. Na parte que fica mais próxima ao Hotel Othon, ficam os pintores ou artistas plasticos que expõem telas como ou sem moldura, ou também emolduradas com quadros muitos bem acabados. No local são encontrados quadros de real valor artísiticos, nos mais variados estilos.

No local, sempre se encontra também algum artista desenhista que faz um retrato realista ou uma caricatura de quem assim o queira. O retrato é feito na hora, bastando sentar-se num banquinho e esperar que o artista estude suas feições e as transforme em retrato ou caricatura, de acordo com o gosto do freguez.

Pessoalmente, quem aqui escreve, destaca os trabalhos de um artista cujos temas são a cidade de Paraty. O artista apresenta quadros hiper realistas de rara beleza, que sugerem brilho de água, iluminação e transformam a arquitura da cidade de Paraty em uma paisagem vivo dentro de um quadro.

Continuando à caminhar pela feira, na direção que aponta para o Posto 6, existe uma outra parte onde um grande aglomerado de barracas exibem os mais diversos tipos de artesanatos, tanto de utilidade como meramente decorativos. São vistos objetos feitos de pedras polidas, bijuterias dos mais variados tipos, pequenas esculturas, objetos de uso e roupas.

Em época de carnval, geralmente no local são encontrados também até mascaras e fantasias.

A feira localiza-se no Calçadão Central da Av. Atlântica, próximo à Rua Djalma Ulrich (Frente ao Hotel Othon)
Quanto aos horários de funcionamento, a feira funciona de Segunda a Sábado de 18horas até meia noite. Entretanto, dependendo da época do ano, é bom certificar-se à respeito dos horários antes.

Bonequinha artesanal pintada à mão

Acima pequena "Iara", uma espécie de "Sereia" decorativa pintada à mão exposta por artesã em um barraca de feira.

Rendas e crochês em feira de artesãos

Entre os inúmeros trabalhos expostos em barraquinhas nas feiras de artes e artesanato, encontra-se uma grande variedade de trabalhos mauais em crochê e também em rendas. Acima, um barraca que vend toalhas de mesas, tapetes e colchas artesanais de crochê.

A pequena boneca e as toalhas de mesa e tapetes mostrados acima, estavam expostos por atesãos em barracas de uma pequena feira em um domingo, na Rua do Catete, próximo ao Largo do Machado.

Feira Cultural da Fotografia & Imagem

A feira de foto e imagem acontece sempre no último domingo do mês, geralmente durante o dia, no Palácio do Catete, atual Museu da República. A feira é disposta nos belos e amplos jardins do palácio, onde são mostrados trabalhos de profissionais, peças de colecionadores e de amadores. No local, e durante a feira, alguns expositores e participantes também dão dicas técnicas sobre a arte de fotografar.

Para quem nunca foi ao Palácio do Catete e visitou os jardins, o local por sí só já é também um grande atrativo para a visita. O edifício do Museu da República é um local cheio de história, construído por um barão na época do Império, posteriormente passou a ser sede da Presidência da República, e foi sede e moradia do Presidente Getúlio Vargas.

Local: Museu da República ( Confirme o dia e horário)
Rua doCatete, 153 - Catete
Apoio: ABAF (Associação Brasileira de Arte Fotográfica), ARFOC -Associação Profissional dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro
Tel. 3235-2650 - Fax. 2285-0795

Feira Hippie de Ipanema

A feira hippie de Ipanema é uma das mais tradicionais feiras de artes e artesanato do Rio de Janeiro. A feira vem da tradição da cultura hippie que floresceu na década de 1960 e início do anos da década de 1970 do século 20. Hoje é uma grande feira, onde artesões e artistas plásticos profissionais, talvez alguns ex-hippies ou talvez não, vendem seus produtos como pinturas de vários estilos, apenas em telas ou emoldurados, diversos tipos de esculturas artesanais, bolsas, roupas, bijuteriais e todo tipo quinquilharias artesanais possíveis e imagináveis.

A feira acontece aos Domingos, durante o dia, na Praça General Osório entre as ruas Teixeira de Melo, Visconde de Pirajá e Prudente de Morais - Ipanema
www.feirahippieipanema.com

Feira na Praça XV

A Praça 15, que nos tempos coloniais era chamada de Largo do Paço, sempre abrigou comercio popular, e algumas gravuras de época, feitas desde a primeira metade do século 19 registram isto.

É neste mesmo local, onde fica a praça de vital importância para a cidade, desde os tempos coloniais que se realiza uma feira de artes e artesanatos nas Quintas e Sextas-Feiras de 8horas às 18 horas.

Nestes dias, são encontrados inúmeros artigos de artesanato e artes à venda nas inúmeras barracas. Entre os artigos encontra-se roupas, bolsas, objetos de decoração, comidas típicas e muitas outras coisas que típicamente são encontrados nestas feiras.

Estando a Praça 15 localizada em um dos principáis sítios históricos da Cidade do Rio de Janeiro, pode-se aproveitar a visita para observar a arquitetura das construções do Centro Histórico do Rio de Janeiro, muitas delas feitas nos tempos colonias, e outras de tempos mais modernos.

Praça Quinze de Novembro - Centro
De acordo com o calendário da feira, esta deve aconter às Quintas e Sextas, mas é bom se informar antes para ter uma confirmação.

Feira da Praça Saens Pena

A Praça Sans Pena é a principal praça do bairro da Tijuca. Sempre foi um local muito movimentado, e no auge da época quando as salas de cinema eram muito frequentadas, o lugar florescia aos fins de semana, onde as pessoas iam para assistir à um filme em algum dos inúmeros e grandes cinemas que lá existiam e depois tomar um lanche no antigo Café Palheta, ou para comer em algum dos antigos galetos, bares e restaurantes. Hoje a área conta com uma das mais importantes estações de Metrô da cidade, e continua bastante viva e movimentada, com grande variedade de comérico e shoppings.

É neste cenário, no coração do bairro da Tijuca que existe uma feira de artesanato e artes, sendo uma atração à mais que ocorre às Sextas e Sabados durante o dia. Ao passear pela feira, seja por diversão e passatempo para ver o movimento, ou em busca de algo para comprar, pode-se ver os mais variados tipos de artesanatos e objetos de arte popular, encontrando-se de tudo, desde vestuário como blusas e vestidos, à objetos de arte e decoração, passando por bijuterias artesanais e comidas típicas.

Praça Saens Pena - Tijuca
De acordo com o calendário divulgado, a feira ocorre às Sextas e Sábados de 8 às 18 horas. Mas é bom obter alguma confirmação antes.

Feira do Lido

A feira do Lido se realiza em uma praça de Copacabana, chamada Praça do Lido, na parte que faz divisa com a Av. Atlântica. Na verdade a feira ocupa parte da calçada e quem passeia por alí acaba caminhando por entre as barracas nem que seja por curiosidades. A feira acontece aos Sábados e Domingos entre 8 horas e 18 horas.

Sao inúmeras barracas onde acha-se de tudo, chaveiros, aneis e pequenos enfeites artesanais feitos de pedras brasileiras, esculturas de aves formadas por pedações de pedras coloridas coladas uma às outras, peças de roupas, bolsas, cintos, pequenas estatuetas, objetos artesanais de utiliidade ou meramente decorativos.

No local também existe barracas onde se vende comida baiana como "acarajé" e outros tipos de quitutes.

O endereço da feira é Av. Atlântica - Praça do Lido - Copacabana
Sáb-Dom, durante o dia.

Artesanato na Feira Nordestina de São Cristóvão

No Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas funciona a tradicional Feira de São Cristóvão que abrange tudo que envolve a cultura nordestina. A feira possui cerca de 700 barracas e lojas fixas que oferecem os mais variados artigos. Entre as mais váriadas modalidades de artesanato da cultura nordestina, estão redes de balanço para deitar ou dormir, carrancas, miniaturas em madeira, bonecos de pano, chapéus de couro, sandálias de couro, roupas de renda, e enfim, todo tipo de artesanato que envolve a cultura popular.

A feira acontece no Campo de São Cristóvão, bairro do mesmo nome, e num pavilhão também com o mesmo nome.
Tel. 2580-5335
www.feiradesaocristovao.org.br
De acordo com os horários divulgados, a feira funciona de Terça Feira à Quinta Feira, de 10 às 16horas. Nos fins de semana de Sexta Feira a partir das 10 horas até às 22h de Domingo.
Os ingressos quando cobrados tem um preço bem barato e acessível, e no local existe estacionamento cobrado.

Se gostou, recomende: